quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

Notícias de Casa


Embora feito em 1977, News From Home, traduzido por aqui como Notícias de Casa, evoca o primeiro período que Chantal Akerman passou em Nova York, entre os anos de 1971 e 1972. Aqui ela se desapega de um estilo mais, digamos assim, tradicional em se tratando de narrativa, para resgatar aquele estilo mais de vanguarda que ela apresentara em Hotel Monterey. As imagens dessa vez são de toda a cidade, não apenas de um hotel, e levam o diferencial de contarem com a narrativa das cartas enviadas pela mãe de Chantal durante os anos que a segunda passou fora do país, mas na essência, ambos os filmes são semelhantes.

Não há enredo no filme. Apenas as imagens de Nova York e a leitura das cartas por cima. Leitura essa que se torna interessante no ponto em que acabamos por conhecer toda a vida pessoal de Chantal através dos relatos de uma mãe superprotetora e manipuladora ao mesmo tempo. Mesmo estando a milhares de quilômetros da filha, ela insiste em saber tudo o que se passa com ela e quer de todas as maneiras tomar as decisões no lugar dela. Tudo isso vem por intermédio de cartas carregadas de sentimento, que são lidas por Chantal de uma forma totalmente fria e passiva, em uma maneira que em certos pontos beira o incômodo.

Junto com essa incursão pelo universo pessoal da diretora, o filme é também um passeio por Nova York, por suas ruas, seus subúrbios, um passeio a pé, de carro, de metrô ou de barco, onde o filme se fecha com uma tomada de 10 minutos onde Nova York fica para trás com o barco se afastando cada vez mais e mais. É a cidade indo embora de nós e o mundo de Chantal fechando suas portas, até uma outra oportunidade de se abrir.

Nenhum comentário: