quinta-feira, 31 de outubro de 2013

Top Gêneros II : Terror (Filmes para se ver em Dia de Halloween!)


Por falta de tempo, ou por excesso de trabalho, ou as duas coisas, limitei-me a fazer algo não muito elaborado (com apenas uma tradução livre do site criticker.com sobre cada filme); mas porque não podia deixar o dia sangrento  passar em branco.


10 – O Iluminado (1980): Um casal e seu filho esquisito decidem isolar-se num hotel vazio, tomando-lhe conta, em troca do sossego, enquanto Jack, o escritor, se empenha no seu próximo livro, no tranqüilo ambiente solitário, demasiadamente, solitário.










9 – Freaks - Monstros (1932): As aberrações das aberrações de um espetáculo circense bizarro.














8 – Phenomena (1985): Uma jovem, com uma estranha relação em lidar com insetos, é transferida para um colégio interno suíço, no qual sua insólita habilidade pode ajudar a resolver uma sério de assassinatos ocorridos.











7 – Lisa e o Diabo (1973): Lisa é uma turista numa cidade antiga. Quando ela se perde, acaba por encontrar uma mansão para de abrigar. Abençoada seja, ela pensa. Mas mais e mais mal amaldiçoada a mansão vai-lhe manipulando e sugando-a num vórtice delirante, um joguete sombrio de marionetes e um mestre dos infernos.









6 – The Beyond – Terror nas Trevas (1981): Uma jovem herda um hotel em Louisiana, onde após uma série de “acidentes” sobrenaturais, a jovem descobre que o prédio fora construído ao longo de umas das entradas para o inferno










 5 – Halloween (1978): 15 anos atrás, Michael Myers, assassinou brutalmente sua irmã. Agora, após escapar do hospício em que estava trancafiado, ele volta para reviver e aliviar seu rubro desejo de morticínio com crimes horrendos, again, and again, and again...










4 – Sob o Domínio do Medo (1971): Um jovem casal decide mudar-se para a parte rural da Inglaterra. Escolheram, porém, o lugar errado. Onde os forasteiros são as caças de um doloroso pesadelo.












3 – A Ilha d0 Medo (2010): Uma história de perseguição num labirinto de uma ilha isolada da mais remota sanidade mental. Louco é pouco.













2 – Violência Gratuita (1997): Dois psicóticos fazem uma família de refém numa cabana de férias. Todos seus jogos sádicos são planejados e fundamentados na maldade. O espectador é cúmplice e culpado.












1 – Prelúdio para Matar (1975): O maior e mais legítimo Giallo italiano. Tem tudo. O Plot psicótico, o enredo de voltas e reviravoltas, assassinatos doentios enlevados a um sombrio rock progressivo. E o melhor uso já visto da câmera subjetiva. É como se o espectador cometesse os crimes. Ao acabar, vá lava as mãos de todo o sangue que escorre.

 ***

Nenhum comentário: