segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011

Black Swan




Depois de meses a espera, Cisne Negro estreou nacionalmente sexta-feira ( dia 04 de Fevereiro ). O filme era um dos mais aguardados no Brasil, apesar de que antes da sua estréia, já circulava o arquivo do filme na internet para espertinhos ansiosos em assisti-lo antes do tempo. Tal fato motivado talvez pela imprensa americana que anunciou o filme como sombrio, tenso, entre outros adjetivos semelhantes, na qual o elevou na opinião de certos críticos como uns dos melhores filmes do ano ou talvez o MELHOR FILME, quem sabe.


O que se pode ter certeza, é que o filme apresenta umas das melhores interpretações dos últimos ano do cinema mundial e que coube a ninguém menos a Natalie Portman ( querida pelos críticos como sua parceira de profissão, Kate Winslet ) a interpretar o papel da doce bailarina Nina que ao desenrolar do filme não consegue distinguir mais a realidade da fantasia, tornando-se então paranóica com todos a sua volta.


Tal enredo é dirigido por Darren Aronofsky que sempre em suas produções aborda cenas e falas que movimentam a imaginação do homem. Neste novo filme , Darren nos põem no mundo mágico das bailarinas, um lugar desejado por muitas menininhas que sonham em ser uma Ana Botafogo. Contudo, o diretor corta o barato de quem acredita que este mundo é maravilhoso. Logo, de primeira mostra a dura realidade deste lugar com a dócil Nina que se esforça ao máximo para ter um destaque. Esforça-se tanto que chega se ver cenas fortes e tensas, e para quem é sensível se torna uma verdadeira batalha para assisti-lo.



Mas, continuando.. Nina é uma bailarina esforçada. Até que um dia o diretor artístico anuncia que irá substituir a bailarina principal da apresentação de abertura da temporada , o Lago dos Cisnes. A bailarina dócil logo ver a oportunidade necessária para sastifazer seus anseios e logo após uma cena conturbada no filme , ela consegue o papel.


Contudo, há uma controvérsia: Nina é perfeita para o papel de Cisne Branco, porém como Cisne Negro lhe falta algumas características. O que a faz ter suas primeiras lutas psicológicas, pois na companhia há a novata Lily, considerada pelo diretor artístico a bailarina perfeita para o Cisne Negro, pois possue charme e leveza.


É a partir desse momento que ocorre o desenvolvimento do roteiro. Nina começa a ter alucinações por causa de seus medos. A cada cena percebe-se a fragilidade da bailarina que se sente incapaz de interpretar o Cisne Negro. Inicia em Nina um desequilibrio emocional, na qual imagina ações que não ocorrem , pois são criadas por sua imaginação que está no controle de seu corpo.


São esses acontecimentos psicológicos no filme que o diretor instiga no espectador. A que ponto chegamos para atingir nosso objetivos? Objetivos que tanto se deseja , porém pode levar a loucura a aquele que não possui equilibrio emocional.O homem sempre pensou em agradar outros, porém sempre esqueceu do corpo e da mente por causa da velha busca da perfeição humana. Não se pode negar , as vezes estamos andando na rua e passa uma senhora ao nosso lado e ela olha sem nenhuma pretensão, porém nossa mente imagina diversas teorias, imaginamos que ela está falando mal da roupa, do corte de cabelo, ou até mesmo bem. O foco é que imaginamos e começamos a nos avaliar ali andando pelas ruas, até que outro fato ocorra. O problema que há pessoas que esquecem , outras que não dão importância, há outras que ficam horas e horas auto - avaliando, é a parti disso que começa a paranóia, o ínicio da luta da mente para distingui a realidade da imaginação. O ruim é que sempre a imaginação ganha, pois os olhos estão vendados. É assim que começa com Nina, não com o exemplo da senhora , mas de outro modo , claro.


O fato é que Darren quer que o público comece a refletir sobre tal situação. Sair do cinema, refletindo: " Tenho que parar de pensar que tal fulana está me seguindo ", “ Nossa, será que estou ficando igual ela " e etc.. Essa é a pretensão de Darren, ele não deseja que você saia elogiando a perfomance de Natalie ou da trilha sonora , estes elementos são figurantes perante ao roteiro. É claro, Natalie está perfeita no papel, mas até ela sabe que objetivo do filme não é mostrá-la magricela , quebrando as unhas ou transando com atriz Mila Kunis. Mas sim , mostrar o que um desequilibrio emocional pode provocar. Então você que anda pensando em mil situações , acorde para vida. Reflite sobre o que pensa , faz e sente.. senão terá o final de Nina, que desceu até os últimos degraus da vida para saber o que é perfeição.



Ps: Se Natalie Portman não ganhar o Oscar de melhor atriz, paro de assistir a premiação.

9 comentários:

Leonardo disse...

"para espertinhos ansiosos em assisti-lo antes do tempo"
fiquei com peso na conciencia agora...uehueheuheuheuheuehueh


como eu falei na minha critica, é um dos melhores filmes dos últimos anos

Sandriiinha RaFáH disse...

Eu assisti esse filme.. um dia depois da estreia!
Gosteei mto..
Mtto bom mesmo ;)

nine disse...

Concordo que é de muito merecimento Natalie Portman ganhar o Oscar, na realidade não consigo imaginar nenhuma das outras que concorrem a melhor atriz com uma atuação mais digna de um Oscar. Assisti Black Swan, ao meu ver foi incrível a experiência, escrevi sobre ele empolgado ao acabar de ver. Não por ser um filme feliz, mas por ter a oportunidade de contemplar uma obra desse porte no cinema atual. Eu diria que Black Swan está lado a lado com mais uns dois em ser o filme do ano, mas quando alguém me fala que é o filme do ano não discordo, pois realmente é excelente. Parabéns pela boa crítica.

pseudo-autor disse...

Como já disse em centenas de blogs: é o filme do ano no Oscar. Só de saber que não há menor possibilidade dele levar o prêmio de melhor filme da festa já dá raiva. Então entreguem a estatueta para o chato e monótono Rei Gago (só a crítica pra gostar daquilo mesmo!).

Cultura na web:
http://culturaexmachina.blogspot.com

Thales Henrique disse...

http://publicidadepublicando.blogspot.com/
estou seguindo obrigado.

Anjo Noturno disse...

Estou com ele aqui no meu PC e não vi ainda e tbm não li seu post rsrs... Vai que vc descreve a inda faz uma analise e foi tão falado que me despertou curiosidade, assim como Caça as Bruxas que fui ver e até comento sobre no blog
Passa lá pra ver ;)
http://www.estigmaangel.blogspot.com/

Marcos Rosa disse...

Este filme é muito bom, porém acredito que ainda não suficiente pra levar a estatueta, aposto no Discuros do Rei.

___
http://algunsfilmes.blogspot.com/

Ms.Chocolate disse...

Olá,
Adorei o blog!
E concordo: se Natalie não ganhar o Oscar, paro de assistir!!!!!!!!!
Veja o que escrevi sobre o filme no meu blog em opinião.
www.balletmschocolate.blogspot.com
Bjs

Aymê disse...

Meio atrasado esse meu comentário, mas gostei do seu port, análise muito boa.
Mas eu sai com uma sensação diferente do cinema. Não sei se é loucura minha, mas achei a história do filme (essa passagem de cisne branco - puro e casto - para cisne negro- sensual- e a morteno final do cisne negro) uma boa metáfora para o que toda garota passa ao deixar de ser menina para tornar-se mulher.
Apesar de diferente do q eu entendi, gostei da sua análise, faz todo o sentido (mais que o meu, pois torna o filme mais universal, não só pro público feminino), vou assistir novamente.
Adorei seu blog, bjs