quinta-feira, 6 de janeiro de 2011

Top: Década 2000

É importante ressaltar que a seguinte lista não tem qualquer compromisso com a verdade absoluta. É uma lista montada a partir de critérios puramente pueris e levianos, e assim deve ser encarada. Quem é cinéfilo sabe: chega a doer ter que montar uma lista com tão poucos filmes; é quase como ter que escolher entre seus próprios filhos. Muitos foram os que ficaram de fora, muitos foram os esquecidos, mas certamente os que entraram têm um lugar especial em meu coração.

20º) Os Excêntricos Tenenbaums (2001)
(Dir.: Wes Anderson) - Estados Unidos



19º) Não Toque no Machado (2007)
(Dir.: Jacques Rivette) - França



18º) Amantes (2008)
(Dir.: James Gray) - Estados Unidos



17º) Mal dos Trópicos (2004)
(Dir.: Apichatpong Weerasethakul) - Tailândia



16º) Amor À Flor da Pele (2000)
(Dir.: Kar Wai Wong) - China



15º) O Hospedeiro (2006)
(Dir.: Joon-ho Bong) - Coréia do Sul



14º) Espionagem na Rede (2002)
(Dir.: Olivier Assayas) - França



13º) Nove Rainhas (2000)
(Dir.: Fabián Bielinsky) - Argentina



12º) Na Natureza Selvagem (2007)
(Dir.: Sean Penn) - Estados Unidos



11º) O Intruso (2004)
(Dir.: Claire Denis) - França



10º) Memórias de um Assassino (2003)
(Dir.: Joon-ho Bong) - Coréia do Sul



9º) Amantes Constantes (2005)
(Dir.: Philippe Garrel) - França



8º) 4 Meses, 3 Semanas e 2 Dias (2007)
(Dir.: Cristian Mungiu) - Romênia



7º) Cidade dos Sonhos (2001)
(Dir.: David Lynch) - Estados Unidos



6º) Deixa Ela Entrar (2008)
(Dir.: Tomas Alfredson) - Suécia



5º) A Hora da Religião (2002)
(Dir.: Marco Bellocchio) - Itália



4º) Ervas Daninhas (2008)
(Dir.: Alain Resnais) - França



3º) Paranoid Park (2007)
(Dir.: Gus Van Sant) - Estados Unidos


2º) As Harmonias de Werckmeister (2000)
(Dir.: Béla Tarr) - Hungria



1º) Medos Privados em Lugares Públicos (2006)
(Dir.: Alain Resnais) - França

Um comentário:

Reinaldo Glioche disse...

Não vi "Não toque no machado', mas os outros... Excelente lista. Só grandes e memoráveis filmes.
Parabéns pelo TOP 20.
Abs