quarta-feira, 17 de novembro de 2010

Conta Comigo



As pessoas, de um modo geral, têm uma bizarra tendência de não valorizar aquilo que tem. Elas só percebem a sua importância após perdê-las. É essa questão que Conta Comigo narra, de um modo geral. O foco dessa vez é a amizade de infância. Pense nos seus melhores amigos de infância. Provavelmente eles não sejam ainda seus melhores amigos. Provavelmente você nem veja mais muitos deles. Mas agora você sabe como eles foram importantes, coisa que você não sabia quando eles estavam lá.

Quatro amigos, melhores amigos, partem juntos em busca de um cadáver que supostamente os daria fama e reconhecimento por tê-lo encontrado. Nessa viagem, vamos conhecendo suas personalidades e seus problemas emocionais.

Vern Tessio é um gordinho covarde que descobriu a existência do cadáver ao ouvir uma conversa do irmão e é arrastado pelos amigos para encontrá-lo. Tem pouca atitude e é o menos interessante do grupo.

Teddy Duchamp têm um pai louco, que está internado em um hospício e que no passado quimou a orelha do filho em um fogão. Mesmo assim, o filho idolatra o pai e se revolta se qualquer um falar mal dele. É o mais brincalhão do grupo e vive fazendo graça.

Chris Chambers vêm de uma família problemática. Todos acreditam que ele seja um trombadinha, mas na verdade ele é uma boa pessoa. Ao mesmo tempo que é o mais audaz do grupo, é também o mais maduro.

Mas é pelos olhos de Gordie Lachance, alter ego de Stephen King, que somos introduzidos à história. Ele tem constantes problemas familiares após a morte de seu irmão em um acidente de carro. Seus pais ainda não superaram o trauma, o que o leva a se distanciar cada vez mais dos mesmos e para se juntar aos amigos.

Certamente você vai identificar os personagens do filme com alguns amigos que você teve na infância, o que confere a obra um adorável ar nostálgico acentuado pelo fato de se passar em 1959. A trilha sonora ajuda ainda mais a intensificar a nostalgia do filme. A direção de Rob Reiner, ainda no início da carreira é impecável, conciliando a história com os sonhos e narrações de Gordie de uma forma simples, mas extremamente eficiente.

Conta Comigo é um filme que marcou toda uma geração, e que pode ser interpretado de diversas maneiras, dependendo de sua bagagem intelectual. Pode ser visto como desde uma simples e deliciosa aventura até uma complexa análise das amizades de infância e sua influência na formação do indivíduo como um todo.

3 comentários:

The Top 250 IMDB Nerd Project disse...

Esse filme é incrível, e muito emocionante também...
amizades de infância são as verdadeiras, sem falsidade ou segundas intenções, além de nos marcarem para sempre. ótima postagem pessoal, pearabéns...

Um grande abraço, da Liga Nerd Imdb
http://thetop250imdbnerdproject.blogspot.com/

Película Criativa disse...

Esse filme marcou a infância de muita gente! Bela história.

Parabéns pelo blog :D

Pedro Tavares disse...

Clássico absoluto!