sábado, 4 de setembro de 2010

Os melhores dos anos 50, pela comunidade do Orkut

Foi aberto um tópico em nossa comunidade no orkut com o objetivo de eleger os melhores filmes dos anos 50, nos mesmos moldes usados para as listas dos anos anteriores. Caso você queira participar das próximas listas, basta entrar em nossa comunidade e responder os tópicos referentes à Top 10 clicando no link "orkut" logo abaixo do banner. A lista final é a seguinte:

1. Janela Indiscreta de Alfred Hitchcock (Um repórter com a perna quebrada é obrigado a ficar em casa, e para se distrair passa a obversar seus vizinhos junto de sua noiva. Porém, em certo momento, ele disconfia de um suposto assassinato e se dedica de corpo e alma a investigá-lo. Um ótimo suspense de Hitchcock, com todo um ar voyeur)


2. Um Corpo que Cai de Alfred Hitchcock (Um policial aposentado por sofrer de vertigem é contratado para vigiar a esposa suicida de um suposto amigo, porém ele começa a descobrir que sua tarefa era muito mais complexa do que parecia. Considerado por muitos o melhor filme de Hitchcock)


3. Crepúsculo dos Deuses de Billy Wilder (Norma Desmond (Gloria Swanson) é uma ex-estrela de filmes mudo que entrou em decadência. Ela vive em sua casa com seu mordomo Max von Mayerling (o grande diretor Erich von Strohein), até que ela recebe a visita do roteirista Joe Gillis (William Holden) que ela convoca para escrever o roteiro que a levaria ao estrelato e seria dirigido por Cecil B. DeMille (interpretado por ele mesmo, numa participação mais que especial))


4. Sindicato de Ladrões de Elia Kazan (Obra-Prima de Elia Kazan, conta a história de um ex-boxeador que agora trabalha como estivador, mas que ao provocar involuntariamente a morte de um colega, passa a lutar contra o sistema em que vive. Uma obra magnífica sobre redenção passada no submundo dos portos)


5. 12 Homens e uma Sentença de Sidney Lumet (12 jurados têm a missão de julgar a culpa ou inocência de um homem. Enquanto 11 estão certos de sua culpa, apenas 1 acredita em sua inocência e está disposto a prová-la. Um filme consideravelmente previsível, mas ainda assim de altíssima qualidade)


6. A Malvada de Joseph L. Mankiewicz (Obra-prima de Joseph L. Mankiewicz, conta a história de Eve Harrington (Anne Baxter) e como ela chegou ao estrelato às custas da fama de Margo Channing (Bette Davis), fazendo assim uma crítica à hipocrisia da indústria cinematográfica hollywoodiana. Recordista de indicações ao Oscar, com 14 indicações, sendo 5 delas nas categorias de atuação para Anne Baxter, Bette Davis, George Sanders, Thelma Ritter e Celeste Holm)


7. Cantando na Chuva de Gene Kelly e Staney Donen (Um dos musicais mais conhecidos de todos os tempos, retrata a transição do cinema mudo para o cinema falado. Don Lockwood e Lina Lamont são dois astros do cinema mudo, porém a voz de Lamont é horrível. Quando da necessidade de transpor para o cinema falado, Lamont passa a ser dublada por Kathy Selden, por quem Lockwood se apaixona)


8. Disque M Para Matar de Alfred Hitchcock (Com um estilo bem teatral, Disque M Para Matar conta de história de um homem que elabora um complexo plano para matar sua esposa, mas um incidente acaba fazendo com que ele tenha de encontrar outra solução rapidamente. Embora eu não seja lá muito fã do diretor, foi o Hitchcock que mais me agradou até hoje)


9. Quanto Mais Quente Melhor de Billy Wilder (Considerada a melhor comédia de todos os tempos pelo American Film Institute, esse filme de Billy Wilder conta a história de dois músicos que testemunham um massacre e para fugir dos mafiosos, se vestem de mulher e entram em um grupo de musica feminino que irá se apresentar em Miami, em uma conveção de mafiosos. Ganhou uma pseudo-homenagem infinitamente inferior intitulada As Branquelas)


10. A Marca da Maldade de Orson Welles (O último filme genuinamente Noir, com heróis benfeitores, femme fatales e policiais corruptos, é um filme marcante de uma magnífica fotografia preto-e-branco. Destaque para a cena inicial feita de um modo excelente em um plano-sequência)


Top30:

11 - Onde Começa o Inferno
12 - Glória Feita de Sangue
13 - A Morte num Beijo
14 - Intriga Internacional
15 - O Homem Que Sabia Demais
16 - Uma Rua Chamada Pecado
17 - Vampiro de Almas
18 - Sabrina
19 - O Mensageiro do Diabo
20 - Rastros de Ódio
21 - Os Sete Samurais
22 - Pacto Sinistro
23 - Juventude Transviada
24 - Era Uma Vez em Tóquio
25 - Os Corruptos
26 - Umberto D
27 - As Minas do Rei Salomão
28 - Noites de Cabíria
29 - Rififi
30 - Um Condenado à Morte Escapou

Menções Honrosas:

A Montanha dos Sete Abutres
O Grande Golpe
Testemunha de Ausação

E então? Gostou da lista? Odiou? Faltou algum filme? Não se esqueça de deixar seu comentário.

4 comentários:

Gian Le Fou disse...

Amo demais todos esse, sendo Crepúsculo dos Deuses meu preferido =)

Abraço!

Amanda Aouad disse...

Crepúsculo dos Deuses também é o meu preferido.... Mas, realmente, só tem clássico nessa lista.

Aparício Neto disse...

Olhem como é fantástica uma lista só sobre os anos 50, época em gênios como Hitchcock, Wilder e Welles estavam em atividade. Chega a ser covardia...
Ótimo blog, parabéns mesmo! Inclui nos favoritos do meu, ficarei orgulhoso de indicar pro pessoal vir aqui!
Grande abraço, sucesso pra vocês!

http://thetop250imdbnerdproject.blogspot.com/

Aline disse...

Bem legal :D



http://linepicoli.blogspot.com/