terça-feira, 27 de julho de 2010

40 curiosidades do cinema

1. Existe um filme inédito de Star Wars. Em 1978, depois do sucesso do primeiro filme lançado da saga Star Wars, George Lucas Fez um filme para a televisão chamado "Star Wars: Holiday Special". O filme começa com Chewaka viajando a seu planeta natal para passar as festas natalinas em família, esta primeira parte do filme é completamente falada em Wockie, posteriormente aparece o resto dos personagens e a película se converte em um musical. Porem, por parecer ruim, nenhuma televisão quis comprar os direitos de transmissão.

2. Fidel Castro tentou triunfar em Hollywood. Treze anos antes de se tornar líder de Cuba, Castro iniciou uma breve carreira cinematográfica como galã latino, interpretando pequenos papéis em três musicais: Escola de sereias, Bathing beauty e holiday in México.

3. O filme mais longo da história. É "Tratamento contra a insônia", com 87 horas de duração, ou seja, mais de 3 dias e meio. O filme consistia numa única seqüência na qual se via o poeta Lee Groban lendo uma composição de 3.400 paginas. Só foi projetada na íntegra duas vezes e ninguém conseguiu ver o filme todo. Não é considerado um filme comercial, para saber quais os filmes comerciais mais longos, procure nesse blog que você encontra.

4. Sigmund Freud só não foi o roteirista mais bem pago da história porque não quis. Em 1933 um produtor lhe ofereceu um cheque em branco para que lhe contasse as psicopatias de seus pacientes, com a idéia de que nelas podiam ter escondidas muitas boas histórias. Porem, Freud recusou por que lhe pareceu pouco ético.

5. A atriz mais assassinada. A francesa Paula Maxa, especializada em papéis de vítima no cinema mudo foi assassinada em toda sua carreira um total de 358 vezes, muitas delas de forma horrível. Em alguns filmes chegou a fazer mais de um papel com o intuito de ser assassinada várias vezes.


6. Inchon: O único filme produzido por mandato divino. O reverendo Sun Myang Moon fundador da seita Moon, sofreu um ataque de choro e tristeza que só se deteve ao entrar num cinema de Seul. Ele interpretou o fato como um sinal divino e investiu 104 milhões de dólares na produção de um filme sobre a guerra da Coréia. O filme foi um dos maiores fracassos comerciais da história do cinema, só arrecadou dois milhões de dólares.

7. Alguns gangsters foram grandes cinéfilos. Al Capone foi ao cinema ver Scarface - A Vergonha de uma Nação (Howard Hawks, 1932) várias vezes. E John Dillinger foi morto a tiros pelo FBI quando saia de uma sala de cinema.

8. Gorilas jogadores. No primeiro filme do Tarzan os gorilas eram na realidade uma equipe de futebol americano disfarçado para a ocasião, o Santa Mônica Football Clube.

9. O filme com mais palavrões. "Scarface" (Brian De Palma, 1983), remake do filme de 1932 realizado por Howard Hughes, é o filme com mais palavrões, um total de 203, uma média de um palavrão a cada 29 segundos. Frases como "Fuck you, son of a bitch" foram bem comuns no filme.

10. Parcerias estranhas. O filme Alien vs Predator traz à lembrança um gênero meio esquecido, o Crossover, que consiste em juntar dois mitos numa mesma história. O crossover já teve casais como Drácula vs Frankenstein, Drácula vs Billy the Kid e até Bruce Lee vs Emmanuelle, onde não aparecia nem o Bruce Lee e nem a Sylvia Kristel e que misturava artes marciais com pornochanchada.

11. O primeiro filme falado. Foi o filme "O cantor de Jaz", de 1927. A parte falada do filme constava de apenas três cenas que não passavam de 10 minutos, naquele tempo os produtores acreditavam que ninguém poderia agüentar um filme com mais de uma hora de diálogo.

12. Cinema que cheira. O único filme com cheiro produzido na história foi "Perfume de mistério", de 1959, estrelado por Peter Lorre e Denholm Elliott. Nos cinemas onde era exibido, um mecanismo controlado pelo projecionista exalava os odores correspondentes às cenas mostradas na tela.

13. Poltronas que vibram e choques. O cinema sempre procura novas formas de atrair o público, uma das mais polêmicas foi o Sensurround, estreado no filme "Terremoto" que fazia vibrar as poltronas do cinema simulando um tremor. Pior ainda foi o Tingler, que soltava descargas elétricas no espectador durante a projeção de 13 "Fantasmas".

14. Cinema Negro. Na Hollywood dos anos 70 nasceu à moda da Blaxploitations, filmes protagonizadas inteiramente por atores de raça negra. Teve um drácula negro, uma lolita negra e inclusive uma versão do Mágico de Oz na qual estreava um certo menino chamado Michael Jackson.

15. O filme mais caro. É a versão russa de Guerra e Paz dirigida por Sergei Bondarchuck em 1968. Calculando o custo da inflação, o filme precisou de um investimento de 560 milhões de euros.

16. O ator que mais papéis interpretou em um mesmo filme. Se você acha que foi Eddy Murphy, está enganado. Foi o britânico Rolf Leslie, que fez 27 personagens diferentes em "Sisty years of a Queen". O segundo que mais personagens interpretou foi o espanhol Paul Naschy, com doze papéis em "Aullido do diabo”

17. Os batizados. Os mormons produziram o filme "Plano nove desde o espaço exterior", do diretor Ed Wood, com a condição de que a toda a equipe do filme, inclusive atores, fossem batizados.

18. Francis Ford Copola. Começou sua carreira sob um pseudônimo dirigindo "Nudies", filmes eróticos. O mais famoso é "O bordel da montanha" onde Drácula, Frankenstein e o Homem lobo exercem seus poderes num prostíbulo.

19. Ganhos das salas de cinema. Nem só de ingressos vivem os cinemas. Pipocas, refrescos e demais guloseimas produzem em média 45% de seus rendimentos.

20. Hollywood. Fundada em 1877, teve seu nome tirado da fazenda da família Wilcox, que habitava a região. Foi transformada em cidade em 1903 e em 1910, com 4.000 habitantes, era anexada a Los Angeles.

21. A Sétima Arte. A expressão "sétima arte", foi criada em 1912 pelo italiano Ricciotto Canuto, se referindo ao cinema.

22. Os primeiros cinemas do mundo. Os dois primeiros cinemas do mundo foram abertos nos Estados Unidos. Em outubro de 1895 era inaugurado o Atlanta, em Atlanta, na Geórgia. E em abril de 1902, Los Angeles inaugurou o Electric Theatre.

23. O filme mais visto nos cinemas. Não, não é Avatar. E o Vento Levou (Victor Fleming, 1939), foi o filme mais visto em todo o mundo: mais de 200 milhões de pessoas assistiram à história de amor protagonizada por Clark Gable e Vivian Leigh. O filme nem chega perto de ser uma das maiores bilheterias do cinema, pois na época o ingresso era muito mais barato do que é hoje.

24. Maior número de figurantes. O filme que usou maior número de figurantes em toda a história do cinema foi Gandhi, 1982, de Richard Attenborough: mais de 300.000.

25. John Wayne. O verdadeiro nome de John Wayne (1907-1979) era Marion Michael Momson. Entre 1927 e 1976, o ator estrelou exatos 153 filmes - 142 dos quais fazia o principal papel.

26. Maior número de beijos. O filme que teve mais beijos em toda a história do cinema foi Don Juan (dirigido por Alan Crosland, em 1926). Durante uma hora e cinqüenta e um minutos de duração da história, os atores John Barrimore, Mary Astor e Estelle Taylor beijavam-se 127 vezes.

27. Letreiro de Hollywood. O enorme letreiro contendo a palavra Hollywood, um dos mais importantes cartões-postais da cidade começou a ser erguido em 1923. Inicialmente, foi colocada a palavra Hollywoodland, o nome de um loteamento que se instalaria nas imediações. Com a o tempo, ficou apenas Hollywood.

28. Charles Chaplin. O gênio do cinema mudo ganhava nos tempos da Keystone apenas 175 dólares por semana. Insatisfeito, trocou, em 1915, de estúdio e foi para a Essanay, onde passou a receber 1.250 dólares semanais, mais bônus. Um ano depois, já na Mutual, passou a ter um salário semanal de 10.000 dólares que, com os bônus, podia chegar a 150.000 dólares mensais. Uma fortuna na época.

29. Charles Chaplin (2). Chaplin resistiu bravamente ao cinema falado e, apenas treze anos depois de seu surgimento, o cineasta deu voz a seus personagens em O Grande Ditador, de 1940.

30. Uns engordam, outros emagrecem. O ator Vicent D’Onofrio teve que engordar 31,7 quilos para fazer o filme “Nascido para matar” de 1987. Já o ator Tom Hanks teve que emagrecer 10 quilos para fazer o filme Filadélfia de 1993.

31. Previsões que dão certo. No filme "De volta para o Futuro 2" aparece no Livro dos Recordes que em 1997 o time da Flórida ganharia o campeonato "World Series". Na época em que o filme foi feito (nos anos 80), a Flórida nem sequer tinha um time, mas no dia 26 de Outubro de 1997 ela foi à campeã do World Series, exatamente como dizia o Livro.

32. Não era pra entender. O filme 2001 uma odisséia no espaço, de Stanley Kubrick, foi feito para ser dificilmente entendido de propósito. Arthur C. Clarke, escritor do livro e colaborador do roteiro disse certa vez: "Se você entender 2001 completamente, nós falhamos. Nós queremos levantar mais questões do que respostas."

33. Quanto trabalho. A produção do épico francês "Napoleón" (1927), de Abel Gance, consumiu três anos de filmagens, exigiu locações em seis cidades, 150 cenários, 200 técnicos, quatro mil armas de fogo, seis mil atores extras, oito mil figurinos e teve dois mortos e 42 feridos em cenas perigosas

34. Um filho da idade da mãe. No filme "Intriga Internacional" (Alfred Hitchcock, 1959), o ator Cary Grant, que na vida real estava com 55 anos, fazia o papel de filho da personagem de Jessie Royce Landis, atriz que estava com exatamente 55 anos.

35. Anões na pista. Em "Casablanca", na seqüência em que o major Strasser desembarca no aeroporto, os oficiais vistos de cima foram interpretados por anões, para que a pista parecesse maior.

36. O primeiro filme inteiramente rodado a cores. Foi "Becky Sharp", de Rouben Mamoulian, produzido pela RKO em 1935. Os técnicos utilizaram o sistema Technicolor, testado por vários estúdios desde a década de 20. Curiosamente a RKO poucas vezes utilizou o colorido em suas produções posteriores. A supremacia no uso da cor caberia por muitas décadas à 20th Century Fox, que rapidamente desenvolveu e aperfeiçoou o processo.

37. A primeira projeção pública de um filme. Aconteceu em 22 de março de 1895, quando os irmãos Auguste e Louis Lumière apresentaram "A saída dos operários da fabrica Lumière" a um público convidado para o evento, em Paris. A primeira exibição comercial de filmes, porém, foi feita por eles em 28 de dezembro do mesmo ano, no Grand Café do Boulevard des Capucines, também em Paris. O preço da entrada foi de um franco por pessoa.

38. O país que mais faz filmes no mundo. A maior indústria cinematográfica do mundo pertence à Índia. O País produz uma média de 700 filmes todos os anos. Só para se ter uma idéia, Hollywood produz de 300 a 400 filmes por ano. A Índia conta com dois milhões de pessoas trabalhando nessa indústria, que atrai 70 milhões de espectadores por semana.

39. Nudez adolescente. No filme Beleza Americana, Thora Birch tinha apenas 17 anos, portanto filmá-la nua requeria a autorização de seus pais, que estavam presentes no set.

40. Um morto que faz filme. O filme Capitão Sky e o Mundo de Amanhã, de 2004, conta com Laurence Olivier no elenco. Porem o ator faleceu em 1989. Para conseguir isso, o diretor Kerry Conran utilizou imagens de arquivo do ator e fez uma edição de forma que Oliver pudesse "atuar" como o vilão Dr. Totenkopf.

7 comentários:

Saulo S. disse...

Nossa, algumas curiosidades bem interessante, gostei!

parabens
volverumfilme.blogspot.com

Reinaldo Glioche disse...

Já conhecia algumas dessas curiosidades, mas outras foram interessantes descobertas. Belo post!

Gui Barreto disse...

Que legal!! Adorei a postagem...muitas dessas curiosidades eu desconhecia..parabens..estou te seguindo e te linkei no meu blog..se der, passe lá:

1terco3.blogspot.com

Abrs

Hugo Almeida disse...

Que legal a históriq dos goliras jogadores!
kkkkkkkkkkkkkk!

Eduardo Lira disse...

O "filme inédito" de Star Wars já doi exibido SIM, na rede CBS e no sbt,na década de 80. Foi um especial de ação de graças chamado "The Star Wars Holiday Special" e está disponível completo no youtube.

Anônimo disse...

Paula Maxa ficou conhecida como a "atriz que mais vezes morreu", mas no teatro, não no cinema. Ela atuava no Grand Guignol. Ela tb foi a atriz que mais vezes foi estuprada em cena, foram mais de 3.000.

Anônimo disse...

Paula Maxa ficou conhecida como a "atriz que mais vezes morreu", mas no teatro, não no cinema. Ela atuava no Grand Guignol. Ela tb foi a atriz que mais vezes foi estuprada em cena, foram mais de 3.000.